PRIMEIROS LUGARES

terça-feira, 6 de setembro de 2011

TEXTO PARA A PÁSCOA (3º ANO)







DOS OSVOS DE GALINHA AOS DE CHOCOLATE.
O ovo que representa a vida significa nascimento e ressurreição. Como a Páscoa é uma festa cristã na qual se comemora a ressurreição de Cristo, o símbolo se consagrou como uma das formas de simbolizar a data.
Na Idade Média, acreditava-se que o mundo, assim como na vida do planeta, havia surgido dentro de um ovo. Povos antigos o viam como a representação da forma do universo, eles o pintavam e o ofereciam em festas.
            Uma lenda dá outra versão para a escolha dos ovos como símbolo pascal. Segundo ela, Simão Cirineu, que ajudou Cristo a carregar a cruz, era vendedor de ovos e, após a ressurreição, eles teriam ficado coloridos. Já alguns historiadores afirmam que os antigos egípcios, persas e alguns povos germânicos seriam os criadores do costume de presentear com ovos de galinha coloridos. Hoje, essa tradição em alguns países é atribuída aos chineses, que cozinhavam o alimento envolvido em cascas de cebola com beterraba para dar um colorido diferente e oferecer como presente nas festas da primavera.
            Mas eles começaram a fazer parte da Páscoa no século XV, quando Luís XI, pressionado pela igreja, que era contra o consumo de tantos ovos na Quaresma – período da penitência – transferiu a comemoração para o período de Páscoa. A festança acontecia desde o século XII no reinado de Luís VII da França. Com o tempo, os ovos decorados passaram a ser de porcelana, vidro, pedra, madeira e até de ouro ou prata ornamentados por pedras preciosas.
            A atual tradição de ovos e coelho na Páscoa originou-se nos Estados Unidos, no século XVIII, mas por meio de mãos alemãs. Um século depois, o costume já havia se propagado, mas os ovos passaram a ser de chocolate, como é até hoje.
FONTE: Revista Projetos Escolares de Educação Infantil, nº 47.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário